Morre Mark Wainberg, pioneiro na pesquisa sobre a aids

Mark Wainberg, pioneiro na pesquisa sobre a aids, morreu aos 71 anos, informou nesta quinta-feira a Unaids, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre este vírus

Mark Wainberg, pioneiro na pesquisa sobre a aids, morreu aos 71 anos, informou nesta quinta-feira a Unaids, o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre este vírus.

O pesquisador, de nacionalidade canadense, afogou-se em uma praia na Flórida (Estados Unidos) na terça-feira.

Em um comunicado, a Unaids declarou estar "profundamente entristecida" pela morte do "pioneiro na pesquisa sobre a aids, Mark Wainberg".

"Este cientista de renome internacional era um pesquisador de ponta sobre a aids desde o início da epidemia", indicou o programa.

"Mark Wainberg era um gigante da ciência da aids, seu trabalho salvou milhões de vidas", disse Michel Sidibé, diretor executivo da Unaids.

Wainberg e seus colegas identificaram um dos principais retrovírus, o lamivudina, usado no tratamento da infecção pelo HIV.

Por sua vez, a Sociedade Internacional de combate à Aids (IAS), que Mark Wainberg presidiu entre 1998 e 2000, disse estar "comovida" com o falecimento de "um líder, um mentor, um amigo próximo de nossa equipe e de nossa comunidade".

"Perdemos um dos mais determinados", declarou a presidente do IAS, Linda Gail Bekker.