Morre motorista de carro que explodiu enquanto era abastecido em posto no Rio

O motorista e dono do carro que explodiu em um posto de combustíveis na Zona Norte do Rio morreu na madrugada desta quarta-feira (27). Mário Magalhães da Penha, 67 anos, estava próximo ao veículo enquanto abastecia o tanque com GNV num posto na Rua Vinte e Quatro de Maio, em São Francisco Xavier, na manhã dessa terça-feira. A direção do Hospital Municipal Salgado Filho, para onde a vítima foi levada, confirmou a morte por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

Crime gravado: Duas testemunhas viram advogado ser morto no Centro do Rio; novo vídeo mostra fuga de assassino

Homenagem: Centro do Rio ganha estátua de Marielle esculpida pelo pai do humorista Gregório Duvivier

Imagens do circuito de segurança mostram o momento da explosão. Um casal está próximo ao veículo, de pé, perto da porta do carona. O homem então anda para a traseira do carro e abre a mala. Três segundos depois, o veículo explode.

O homem, identificado como Mário Magalhães da Penha, de 67 anos, é lançado a cerca de dois metros com a pressão da explosão e fica caído. Ele foi socorrido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, em estado grave e, no fim da manhã de ontem, passou por cirurgia. O Corpo de Bombeiros foi acionado.

Da Avenida para a TV: Conhecida como pequena notável, passista com nanismo recebe convite para fazer participação em novela da Globo

Uma mulher, que também estava próxima do veículo, ficou ferida, mas aparece caminhando, se distanciando do carro. Ela foi socorrida para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro.

Nas imagens é possível ver que o carro ficou destruído, assim como parte do forro do teto e parte das bombas de combustível.

Pastor belga como arma: Preso por assaltos na Zona Sul do Rio usava cadela para intimidar e atacar vítimas

Frentistas contaram à reportagem do G1 que a explosão foi no cilindro de gás do veículo, que estava em mau estado de conservação, com ferrugem.

Fiscais da prefeitura, da empresa de gás Naturgy — que desligaram o fornecimento de gás do posto — e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) estiveram no local.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos