Morre o ator Max von Sydow, de 'O exorcista' e 'Game of thrones', aos 90 anos

O ator sueco Max von Sydow morreu aos 90 anos de idade. A morte foi confirmada pela mulher do artista, a produtora Catherine Brelet. Von Sydow ficou internacionalmente conhecido por seus papéis nos filmes de Ingmar Bergman e no clássico do terror "O exorcista", de 1973.

Uma das últimas participações de von Sydow foi na série "Game of thrones", como o Corvo de Três Olhos, personagem mítico que tem um papel fundamental na trama de fantasia. Outra aparição recente foi em "Star Wars: O despertar da força", em 2015.

Nascido em Lund, em uma família de acadêmicos, von Sydow estudou teatro na escola de drama nacional da Suécia. Ele conheceu Bergman em 1955 e, dois anos depois, estrelaria "O sétimo selo", filme que gerou uma de suas imagens mais conhecidas: na clássica fantasia, ele é Antonius Block, o cavaleiro que joga xadrez com a morte.

O sucesso de "O sétimo selo" alavancou tanto a carreira de Bergman quanto a de von Sydow. Os dois seguiram a parceria em mais outros dez filmes, entre eles "Morangos silvestres" (1957) e "No limiar da vida" (1958).

Ao longo de sua prolífica carreira, von Sydow participou de mais de 120 filmes em doze países diferentes. Foi indicado ao Oscar duas vezes, por "Pelle, o conquistador" (1987) e "Tão forte e tão perto" (2011).

Outras participações memoráveis incluem "Dune" (1984), de David Lynch, e "Hannah e suas irmãs" (1986), de Woody Allen. Também participou de empreitadas mais populares: em "Flash Gordon" (1980), viveu o vilão Ming. Em "Conan, o Bárbaro" (1982), apareceu como o rei Osric.

Entre 1951 e 1979, von Sydow foi casado com a atriz Christina Inga Britta Olin, com quem teve dois filhos. Em 1997, se casou com a francesa Catherine Brelet. O ator adotou a nacionalidade da mulher, tornando-se cidadão francês.