Morre o pai do prefeito do Rio, Eduardo Paes, vítima de Covid-19

·1 minuto de leitura

Valmar Souza Paes, pai do prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), morreu na tarde desta sexta-feira, aos 78 anos, por complicações decorrentes da Covid-19. A informação foi publicada pelo colunista Ancelmo Gois. Desde abril, ele estava internado em uma clínica particular da Zona Sul da cidade e precisou ser intubado.

Desde então, o prefeito mantinha uma rotina de visitá-lo diariamente após o expediente. Em uma postagem nas redes sociais, Paes chegou a pedir orações. Advogado formado na PUC, Valmar Paes era baiano, casado há 54 anos com Consuelo Paes , com quem se casou e esteve por 54 anos. Juntops, tiveram três filhos, que lhe deram cinco netos. Valmar exerceu advocacia por 50 anos e construiu uma carreira bem-sucedida, tendo atuado em várias áreas, sobretudo representando grandes estaleiros.

"Aqui em casa, graças a Deus, eu e minha mãe já zerados da Covid-19. Só falta agora meu coroa que — se Deus quiser — sai dessa em breve. Vamos prevalecer! Peço a oração de todos por meu pai", escreveu.

De acordo com a administração municipal, Valmar chegou a receber a primeira dose da vacina da Astrazeneca, da Oxford-Fiocruz, mas foi infectado pelo coronavírus antes de passar pela segunda etapa da imunização.

Eduardo Paes teve Covid-19 por duas vezes, mas voltou despachar presencialmente depois de curado. A assessoria de imprensa de Paes informou que o prefeito e os familiares permaneceram isolados durante o período de infecção e que a doença dele não teve qualquer relação com o contágio do pai.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos