Morre Oleg Ostapenko, técnico ucraniano de ginástica mentor de Daiane dos Santos

·1 minuto de leitura

Coordenador da seleção brasileira feminina de ginástica entre 2001 e 2008, Oleg Ostapenko faleceu neste sábado, na Ucrânia. Aos 76 anos, ele já vinha internado há algumas semanas por conta de problemas nos rins e pulmão.

Ostapenko, que também foi treinador na Rússia e na Ucrânia, ficou marcado no Brasil por ter sido durante sua passagem que as ginastas Daiane dos Santos e Daniele Hypólito se destacaram em Campeonatos Mundiais. Foi também com ele que o Brasil conseguiu uma inédita classificação olímpica por equipes nos jogos de Atenas-2004.

"Hoje o dia começou triste, com uma grande dor no coração, nunca é fácil perder alguém que amamos, OLEG você foi mais que um treinador, um segundo pai, um amigo leal, conselheiro para uma vida inteira.... Em meu coração um mix de sentimentos, tristeza, saudade. Felicidade em ter aprendido com a sua sabedoria, gratidão a Deus por termos unidos os nossos caminhos. A Nádia, amada, nós estaremos com você, meus sentimentos em especial a família Ostapenko, e a todos os amigos da ginástica. Obrigado mestre , que você descanse em paz, sua gargalhada fará muita falta", postou Daiane dos Santos em sua conta nas redes sociais.

O Comitê Olímipico do Brasil também lamentou a morte do ucraniano. Através da conta do Time Brasil, falou em tristeza com a perda de uma "lenda da ginástica".

"Que tristeza receber a notícia do falecimento desta lenda da ginástica. Como disse Daiane dos Santos: 'Ele foi mais que um treinador. Foi um segundo pai, amigo leal e conselheiro pra vida inteira'. Obrigado por tudo, Oleg", escreveu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos