Morre quarta vítima baleada na última sexta-feira em Belford Roxo

·1 min de leitura

Morreu, nesta segunda-feira, Matheus Lerry da Silva Ferreira, baleado com outros três homens, na noite da última sexta-feira, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Matheus era o único sobrevivente. Desde sábado, eles estava internado no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, também na Baixada Fluminense.

Os mortos foram identificados como Leonardo da Silva Leal, de 24 anos; Jonie Creysson, de 24; e Mateus Correia Teixeira, de 17. As vítimas foram alvejadas na Avenida Vereador Albertino Guedes, no Bairro das Graças. A via fica a menos de dois quilômetros da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e da 54ª DP (Belford Roxo).

Segundo a Polícia Militar, um jovem morreu no local e os outros três foram levados para o Hospital Municipal de Belford Roxo. Segundo a direção da unidade, dois já chegaram mortos. Matheus foi transferido no sábado para o Hospital Ad'ao Pereira Nunes.

Familiares que preferiram não se identificar disseram que um dos jovens pediu à mãe dinheiro para comprar roupa. À tarde, ela deu a quantia solicitada. Depois, soube que eles tinham sido alvejados. Ainda de acordo com a família, dois dos mortos tinham trabalho fixo.

— Um deles trabalhava na padaria e o outro no comércio informal — disse o parente de uma das vítimas.

Testemunhas contaram que milicianos têm atuado na região. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) instaurou inquérito para apurar as mortes das vítimas. A perícia foi realizada. Os agentes buscam imagens de câmeras de segurança instaladas na região para análise, realizam diligências e coletam informações para identificar a autoria do crime.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos