Morre quarta vítima da queda de avião no interior do Paraná

LUIZ CARLOS CRUZ

CASCAVEL, PR (FOLHAPRESS) - O Instituto Médico Legal divulgou, nesta segunda-feira (18), os nomes das quatro pessoas que morreram na queda de um avião de pequeno porte no fim da tarde de domingo (17) em Cascavel, oeste do Paraná.

Morreram no acidente o piloto Magnus Boeno Padilha, 32, o médico cardiologista Eduardo Frederico Borsarini Philippi, 48, e a filha dele, Fernanda de Souza Philippi, 12.

A mulher do médico, Graziela de Souza Philippi, 53, até então única sobrevivente, estava internada no Hospital Universitário do Oeste do Paraná, mas não resistiu.

Padilha era instrutor de voo em Cascavel e considerado um piloto experiente. "Será sempre lembrado pelo profissionalismo, honestidade, lealdade, inteligência, competência e sensibilidade para lidar com as adversidades e conflitos humanos", disse em uma rede social a escola de aviação West Wings, onde ele trabalhava.

A Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista também divulgou nota sobre a morte de Philippi. "Deixa muitos amigos e a lembrança do seu sorriso franco e da sua grande habilidade nos procedimentos da Cardiologia Intervencionista", diz a nota.

A família retornava de Santa Catarina quando a aeronave prefixo PT JQZ caiu ao se aproximar de um aeroporto particular. O avião caiu sobre árvores em meio a uma mata. 

O 5º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, que tem sede no Rio Grande do Sul, informou que uma equipe já se deslocou ao Paraná para iniciar as investigações do acidente.