Morre Reynaldo Bignone, último presidente da ditadura argentina

Por Sonia AVALOS