Morre Tuan Tuan, panda gigante doado pela China a Taiwan

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Tuan Tuan, um dos dois pandas gigantes doados pela China a Taiwan, há 14 anos, morreu neste sábado (19) após uma série de convulsões, segundo o Zoológico de Taipei. A causa da morte não informada, mas relatórios anteriores diziam que o panda tinha um tumor cerebral maligno, segundo a ABC News.

"Nossa equipe médica confirmou que o coração de Tuan Tuan parou de bater às 13h48 (2h48 horário de Brasília)", disse o zoológico em um breve comunicado.

O panda não respondeu ao tratamento e, após uma série de convulsões neste sábado, ele foi colocado em coma induzido, de acordo com reportagens de Taiwan. A China havia mandado especialistas a Taiwan no início deste mês para ajudar no tratamento.

Tuan Tuan e sua parceira Yuan Yuan foram dados de presente pela China a Taiwan, em 2008, em um momento de relações cordiais entre Pequim e Taipei. Mas os laços diminuíram drasticamente desde a chegada da dupla de pandas, com a China cortando contatos em 2016 após a eleição do presidente independente Tsai Ing-wen, que foi reeleito em 2020.

A expectativa de vida média dos pandas na natureza é de 15 a 20 anos, enquanto eles podem viver 30 anos ou mais sob cuidados humanos.