Morreu no hospital mulher ferida em explosão de hotel em Havana

Uma mulher de 44 anos morreu nesta quarta-feira (15) em Havana em consequência dos ferimentos que sofreu na explosão do hotel Saratoga há seis semanas, elevando a 47 o número de mortos neste acidente.

"Sentimos informar que nas últimas horas morreu Vanesa Sierra Suris, de 44 anos, que se encontrava em estado grave. Lamentamos profundamente o ocorrido, estendemos nossas condolências a todos os familiares e amigos", informou o Ministério de Saúde Pública (Minsap).

Em 6 de maio, uma forte explosão por gás destruiu os quatro primeiros pavimentos do emblemático hotel de cinco andares, localizado no concorrido Paseo del Prado em Havana Velha.

Noventa e nove pessoas ficaram feridas no acidente, uma das quais ainda está hospitalizada. Cinquenta e uma tiveram alta e um total de 47 pessoas morreram, informou o Minsap.

A pessoa hospitalizada é um homem e segundo o boletim médico, seu estado de saúde inspira cuidados.

Cinco semanas depois, as autoridades não informaram a versão oficial das causas do acidente.

Construído em 1880 e transformado em hotel em 1933, o Saratoga era conhecido por ter alojado várias celebridades nos últimos anos, entre elas Mick Jagger, Beyoncé e Madonna.

cb/dg/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos