Morreu o ex-primeiro-ministro da Irlanda do Norte David Trimble

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O ex-premier da Irlanda do Norte David Trimble, que ganhou um prêmio Nobel da Paz por seu trabalho de reconciliação entre protestantes e católicos na província britânica, morreu nesta segunda-feira (25), aos 77 anos, informou o Partido Unionista.

"Com grande tristeza, a família de Lord Trimble anuncia que ele faleceu na primeira hora de hoje após uma curta doença", diz o comunicado, sem dar detalhes.

Trimble, que liderou o UUP entre 1995 e 2005, pertencia desde 2006 à bancada conservadora da Câmara dos Lordes britânica.

"Um gigante político, um político corajoso, um sindicalista convicto e um amigo", tuitou o atual líder do UUP, Doug Beattie. "Um homem de valor e visão", acrescentou, em comunicado.

O primeiro-ministro irlandês, Micheal Martin, disse que estava "profundamente entristecido" com a morte de Trimble e elogiou no Twitter seu "papel crucial e corajoso na instauração da paz na Irlanda do Norte".

O Acordo da Sexta-feira Santa, assinado em 1998 e considerado um exemplo brilhante de resolução de conflitos, pôs fim a 30 anos de violência, que deixaram cerca de 3.500 mortos. Trimble conseguiu levar à mesa de negociações a comunidade unionista, a favor de uma relação estreita entre a Irlanda do Norte e a Grã-Bretanha.

Como parte das complicadas e tensas negociações de paz, Trimble se tornou o primeiro líder do UUP a se reunir com o primeiro-ministro irlandês em Dublin. Em 1997, foi o primeiro cargo eleito desde a divisão da ilha a negociar com o partido nacionalista irlandês, Sinn Fein.

Após os acordos de 1998, foi ministro principal da Irlanda do Norte, juntamente com Seamus Mallon, líder do nacionalista irlandês Partido Social-Democrata e Trabalhista (SDLP, sigla em inglês), como seu vice-ministro principal.

Brandon Lewis, que pediu demissão recentemente como secretário de Estado do Reino Unido para a Irlanda do Norte, chamou Trimble de "estadista brilhante e servidor público dedicado". "Seu legado como arquiteto do Acordo da Sexta-feira Santa viverá para sempre", tuitou. "O povo do Reino Unido tem uma imensa dívida com ele por tudo o que conseguiu pela nossa união."

vg/grp/meb/grp/ic/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos