Morte de narcotraficante provoca vandalismo em Manaus (AM)

·1 minuto de leitura

MANAUS (Reuters) - Quatorze ônibus e dois carros da polícia foram incendiados e destruídos na madrugada de domingo na cidade amazônica de Manaus em represália pela morte de um traficante de drogas, informou o governo do Estado.

Os serviços de ônibus foram suspensos até que patrulhas policiais reforçadas pudessem ser implantadas na cidade, que foi duramente atingida pela pandemia de coronavírus.

O secretário de Segurança do Estado do Amazonas, coronel Louismar Bonates, disse em nota que a ordem para incendiar os veículos públicos veio de dentro da prisão onde os líderes de traficantes estão presos.

Veículos também foram incendiados em duas cidades vizinhas, disse ele.

(Por Bruno Kelly e Anthony Boadle)