Polícia investiga morte de pastor supostamente afogado em casa de prostituição no interior paulista

·2 minuto de leitura
Polícia investiga morte de pastor que estava em boate em Assis, interior de SP - Foto: Divulgação
Polícia investiga morte de pastor que estava em boate em Assis, interior de SP - Foto: Divulgação

A Polícia Civil investiga a morte de um pastor de 56 anos. O homem foi encontrado desacordado em uma casa de prostituição em Assis, interior de São Paulo, chegou a ser socorrido, mas morreu na UPA da cidade. As informações são do G1.

Segundo o boletim de ocorrência do caso, amigos do pastor relataram à polícia que estiveram com ele em um estabelecimento denominado “Boate Maçã do Amor", na madrugada do último sábado (12).

Leia também

Ainda segundo os amigos do pastor, após um tempo no local, um dos amigos deu falta do pastor e iniciaram a busca por ele.

Pouco tempo depois, o grupo encontrou o homem ao lado da piscina, recebendo massagem cardíaca de uma pessoa desconhecida.

A polícia trabalha com a suspeita de que ele tenha se afogado na piscina do estabelecimento.

Segundo o G1, o homem chegou a ser socorrido, mas morreu pouco depois de chegar a Unidade de Pronto Atendimento da pequena cidade do interior paulista.

O delegado de plantão que acolheu o caso determinou que fossem aprendidos os celulares da vítima e dos amigos que estavam com ele na boate.

Foi pedido também que a boate fosse periciada e que o corpo do pastor fosse submetido a um exame toxicológico e também de dosagem alcoólica, para determinar o estado da vítima em seus últimos momentos de vida.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos