Morto a tiros, Sandro do Sindicato é o 3º vereador de Duque de Caxias assassinado esse ano

·1 minuto de leitura
Vereador havia sido eleito no ano passado - Foto: Reprodução
Vereador havia sido eleito no ano passado - Foto: Reprodução
  • Sandro do Sindicato foi alvo de tiros de fuzil quando dirigia sua van em Duque de Caxias

  • Ele havia sido eleito no ano passado e estava no primeiro mandato como vereador

  • Antes dele, Quinzé e Danilo do Mercado já haviam sido assassinados

Alexsandro Silva Faria, conhecido como Sandro do Sindicato, foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira (13). Ele é o terceiro vereador de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, assassinado apenas esse ano.

De acordo com informações da TV Globo, Sandro foi alvo de um ataque de fuzil quando dirigia sua van na Avenida Governador Leonel Brizola. Ele morreu na hora.

Leia também:

O caso foi registrado na 60ª DP (Campos Elíseos), mas será assumido pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense. Não se sabe o que motivou o ataque ao vereador.

Sandro estava em seu primeiro mandato como vereador de Duque de Caxias. Ele havia sido eleito no ano passado, quando recebeu 3.247 votos.

Sandro foi atacado quando dirigia sua van - Foto: Reprodução
Sandro foi atacado quando dirigia sua van - Foto: Reprodução

Outros vereadores assassinados

Há um mês, o vereador de Duque de Caxias Joaquim José Santos Alexandre, conhecido como Quinzé (PL), também foi assassinado a tiros na estrada São José-Caxias, no limite entre Duque de Caxias e São José do Meriti.

Testemunhas explicaram que Quinzé havia ido ao local para visitar uma conhecida, mas, ao desembarcar, foi executado por uma pessoa em um carro branco. O suspeito fugiu do local.

Quinzé foi o segundo vereador de Duque de Caxias assassinado em 2021. Antes dele, Danilo Francisco da Silva, o Danilo do Mercado (MDB) foi morto a tiros em 10 de março. Seu filho, Gabriel da Silva, também foi executado.

Danilo era suspeito de ser mandante de diversos assassinatos na cidade no ano passado. Quem assumiu seu lugar como vereadora foi a dentista Fernanda da Costa, filha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos