Mortos no mundo por coronavírus passam de 220 mil (balanço AFP)

·2 minuto de leitura
Funcionária da equipe médica atende um paciente com coronavírus patient na Unidade de Terapia Intensiva no hospital Principe de Asturias em Alcala de Henares, perto de Madri
Funcionária da equipe médica atende um paciente com coronavírus patient na Unidade de Terapia Intensiva no hospital Principe de Asturias em Alcala de Henares, perto de Madri

O novo coronavírus causou pelo menos 224.402 mortes em todo o mundo desde que apareceu em dezembro passado, de acordo com um balanço estabelecido pela AFP com base em fontes oficiais, nesta quarta-feira (29) às 16H00 de Brasília.

Desde o início da epidemia, mais de 3.141.250 casos de contágio foram registrados em 193 países ou territórios.

O número de casos positivos diagnosticados, no entanto, reflete apenas uma parte do total de infecções devido às diferentes políticas dos países para acompanhar a doença, já que alguns contabilizam apenas pessoas que precisam de hospitalização.

As autoridades consideram que até o momento, pelo menos 889.200 pessoas já se recuperaram da COVID-19.

Na terça-feira, até as 16H00, foram registrados 6.327 novos óbitos e 72.900 infecções em todo o mundo.

Os países que computaram mais falecimentos nas últimas 24 horas são Estados Unidos, com 1.913, Reino Unido (795) e Brasil (474).

O número de óbitos nos Estados Unidos, onde a primeira morte ligada ao vírus ocorreu no início de fevereiro, é de 59.446. O país registrou 1.028.217 infecções, sendo que 116.776 pessoas foram curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são Itália, com 27.682 mortes e 203.591 casos, Reino Unido com 26.097 falecimentos (165.221 casos), Espanha com 24.275 mortes (212.917 casos), e França com 24.087 vítimas fatais (168.935 casos).

Entre os países mais atingidos, a Bélgica possui a maior taxa de mortalidade, com 65 mortes por 100.000 habitantes, seguida pela Espanha (52), Itália (46), Reino Unido (38), e França (37).

A China continental (sem contar Hong Kong e Macau), onde a epidemia eclodiu no final de dezembro, tem um total de 82.858 pessoas infectadas, das quais 4.633 morreram e 77.578 foram completamente curadas. Nas últimas 24 horas ocorreram 22 diagnósticos positivos novos e nenhum óbito.

Nesse mesmo período, o Chade registrou as primeiras mortes por conta da CORVID-19.

Até o momento, a Europa totalizou 135.348 vítimas fatais (1.443.927 contágios), Estados Unidos e Canadá 62.500 (1.079.448), América Latina e Caribe 9.848 (190.208), Ásia 8.417 (215.916), Oriente Médio 6.606 (167.784), África 1.567 (35.911), e Oceania 116 (8.057).

Esse balanço foi feito usando dados das autoridades nacionais compiladas pelos escritórios da AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).