Moscou bane jornalistas britânicos em retaliação a bloqueio de órgãos russos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério das Relações Exteriores da Rússia divulgou nesta terça-feira (14) uma lista de 29 jornalistas e representantes de órgãos de mídia do Reino Unido, como os jornais The Guardian e a rede de TV BBC, que deverão deixar o país.

A medida é uma retaliação devido ao bloqueio de veículos russos, como a rede de TV RT, no Ocidente, e segundo o ministério visa punir os profissionais por terem, na sua visão, disseminado mentiras sobre a Guerra da Ucrânia.

Desde o começo do conflito, em fevereiro, a mídia local russa tem sido amordaçada com medidas restritivas e ameaças de prisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos