Mostra Mundo Árabe de Cinema exibe 10 filmes inéditos em São Paulo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - De volta ao formato presencial, a Mostra Mundo Árabe de Cinema traz 11 filmes -10 inéditos- a São Paulo. O evento abre sua 17ª edição na quarta-feira (31) às 20h com a exibição de "Caixa de Memórias", dos libaneses Joana Hadijthomas e Khalil Joreige. O festival segue até 7/9.

A mostra é realizada pelo ICArabe (Instituto da Cultura Árabe) com correalização do Sesc São Paulo. Dos 11 filmes no cardápido, 8 serão exibidos no próprio CineSesc (rua Augusta, 2075) e 3 estarão disponíveis online na plataforma Sesc Digital. O evento é gratuito.

Esse festival é uma das raras oportunidades que o público brasileiro tem para se atualizar sobre as produções de países médio-orientais. A maior parte dos filmes foram lançados no ano passado e, assim, seguem atuais. Outra característica marcante é o enfoque no dia a dia, em vez dos conflitos excepcionais e dos extremismos que a imprensa costuma relatar. "Sempre tenho essa preocupação de trazer os acontecimentos cotidianos, para que as pessoas vejam um retrato do que acontece longe das lentes da grande mídia", o curador Arthur Jafet afirma ao Orientalíssimo blog. "É importante que as pessoas conheçam a produção cinematográfica dessa região do mundo", Jafet diz. "O cinema é uma forma de arte que expressa o estado das coisas."

Jafet também diz que escolhe filmes com mensagens universais. Dá o exemplo de "Sharaf", que foi pensado como um retrato do Egito mas teve de ser filmado na Tunísia para escapar da censura. "É um filme sobre uma prisão que poderia estar em qualquer outro lugar", diz. Um outro exemplo é "Costa Brava". "O filme trata da corrupção no Líbano, mas poderia se referir a um país latino-americano", o curador diz.

Um dos filmes que devem chamar mais a atenção do público é "Amira" (2021). O diretor, o egípcio Mohamed Diab, é um dos mais aclamados na região. É responsável pelo magistral "Eshtebak" (2016). Mais recentemente, dirigiu a série da Disney "O Cavaleiro da Lua". "Amira" conta a história de uma garota palestina concebida com o sêmen contrabandeado de seu pai, que está preso. A mostra inclui outros dois filmes sobre a Palestina: "Farha" (2021) e "O Salão de Huda" (2021).

TRAILERS

Veja abaixo os trailers dos filmes na Mostra Mundo Árabe de Cinema

AONDE VAS (2017)

Argentina

Javier López Actis

AMIRA (2021)

Egito, Jordânia, Emirados Árabes, Arábia Saudita

Mohamed Diab

CAIXA DE MEMÓRIAS (2021)

Líbano, Catar, Canadá, França

Joana Hadijthomas e Khalil Joreige

COMUNHÃO (2021)

Tunísia

Nejib Belkadhi

COSTA BRAVA (2021)

Líbano, Catar, Dinamarca, França, Noruega, Espanha, Suécia

Mounia Akl

FARHA (2021)

Jordânia, Suécia, Arábia Saudita

Darin J Sallam

JAHILYA (2018)

Marrocos

Hicham Lasri

O ESTRANGEIRO (2021)

Síria, Palestina, Catar, Alemanha

Amir Fakhar Aldin

O SALÃO DE HUDA (2021)

Palestina, Egito, Catar, Países Baixos

Hany Abu-Assad

SHARAF (2021)

Tunísia, Alemanha, França, Luxemburgo

Samir Nasr

UMA EMERGÊNCIA BANAL (2018)

Marrocos, Suíca

Mohcine Besri