Motociclos de combustão passam a pagar estacionamento em Paris

Em Paris, capital francesa, os cidadãos com motociclos de combustão passam a ter de pagar estacionamento. Desde esta quinta-feira, 01 de setembro, duas empresas foram destacadas nas ruas para localizar potenciais infratores. A multa por não pagamento de estacionamento é de 25 euros ou 37,50 euros, dependendo da zona.

Os motociclistas estão indignados com a medida, que foi aprovada tendo em conta argumentos como "a poluição atmosférica ou sonora" e um "melhor equilíbrio do espaço público", de acordo com a câmara de Paris.

O estacionamento passa a custar três euros por hora, um valor que contrasta com os dois euros nos arredores da capital francesa. Os residentes têm, contudo, a possibilidade de optar por um preço de residente, que se fixa em 22,5 euros anuais, a que se somam 0,75 cêntimos por dia de estacionamento.

De salientar que os veículos elétricos de duas rodas continuam a poder usufruir de estacionamento gratuito na capital gaulesa.