Motorista de aplicativo é morto em favela do Rio; polícia investiga se vítima entrou por engano no local

Um motorista de aplicativo foi morto na noite de quarta-feira, dia 26, ao entrar na Rua Fernando Lobo, em Ricardo de Albuquerque, região do Complexo de Comunidades do Chapadão, na Zona Norte do Rio. Polícia investiga informação de que a vítima foi morta ao entrar por engano.

Ataques racistas: Intérprete da Mocidade Ronny Caetano registra boletim de ocorrência contra ataques racistas: 'Precisamos dar um basta'

Prática ilegal: Em dez anos, polícia registra quase mil casos de falsos médicos, dentistas ou farmacêuticos

Paulo Alberto Lara Fernandes, de 56 anos, chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo. Ele, no entanto, não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a Polícia Militar, equipes do 41º BPM (Irajá) foram acionadas para a ocorrência e comunicaram o fato à 31ª DP (Ricardo de Albuquerque). O caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios da Capital, que investiga.