Motorista baleado após entrar por engano em comunidade está em estado grave na UTI

Extra
·2 minuto de leitura
Peritos analisam o carro atingido por tiros na Cidade Alta
Peritos analisam o carro atingido por tiros na Cidade Alta

O motorista baleado após entrar por engano numa rua de acesso à comunidade da Cidade Alta segue em estado grave, porém estável. Segundo a assessoria do Hospital Copa Star, Christiano Coimbra de Mendonça, de 43 anos, gerente de produtos e projetos da Editora Globo, está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele foi transferido do Hpospital estadual Getúlio Vargas, onde recebeu os primeiros atendimentos e passou por cirurgia após ser ferido na manhã de quarta-feira.

Na manhã desta quinta-feira, Christiano foi submetido a um novo procedimento cirúrgico para reavaliação abdominal. A transferência de hospital, de acordo com a assessoria do Hospital Copa Star, foi autorizada pela família.

Leia também:

Christiano foi baleado na manhã de ontem após entrar de carro, por engano, na Estrada Porto Velho, via de acesso à comunidade da Cidade Alta. Ele trafegava pela Avenida Brasil e seguia um trajeto sugerido por um aplicativo de trânsito, segundo a Polícia Militar. Christiano tentou retornar ao perceber o erro, mas teve o veículo, um Jeep Compass, atingido por tiros de bandidos, que usaram fuzis e pistolas. Pelo menos quatro disparos acertaram o automóvel, um no vidro dianteiro, um na lateral direita e dois na mala.

Mesmo atingido por um tiro, na região lombar, ele ainda conseguiu dirigir por alguns metros e fez o retorno na Avenida Brasil. Descontrolado, o Jeep parou após colidir com outros dois carros.Policiais militares do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) ajudaram no socorro. Christiano foi levado para o Hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, operado e ficou no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) até a transferência de hospital.

Segundo a polícia, os homens que atacaram a tiros o motorista são integrantes da quadrilha do traficante Álvaro Malaquias Santa Rosa, o Peixão. Ele controla o tráfico de drogas na Cidade Alta, na Favela de Parada de Lucas, e em comunidades de Nova Iguaçu e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Em nome do bandido, há pelo menos oito mandados de prisão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Rio. O Disque-Denúncia ( 2253 1177) oferece uma recompensa de mil reais por informações que levem à prisão de Peixão.

Veja a nota do hospital na íntegra:

"Rio de Janeiro, 22 de outubro - O Hospital Copa Star informa que o paciente Christiano Coimbra de Mendonça, com autorização da família, foi transferido do Hospital Getúlio Vargas para essa unidade hospitalar. O paciente foi submetido hoje pela manhã a um novo procedimento cirúrgico para reavaliação abdominal. Procedimento transcorrido sem intercorrências. Paciente foi transferido para Unidade de Terapia Intensiva, ainda grave, porém estável do ponto de vista hemodinâmico."