VÍDEO: Motorista branco expulsa passageira que fez comentário racista

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Motorista de aplicativo nos EUA expulsou uma mulher do carro e recusou a corrida após um comentário racista por parte dela. (Foto: Victor Moriyama/Getty Images)
Motorista de aplicativo nos EUA expulsou uma mulher do carro e recusou a corrida após um comentário racista por parte dela. (Foto: Victor Moriyama/Getty Images)

Um motorista de aplicativo norte-americano recusou uma corrida de uma passageira branca após um comentário racista feito por ela no momento em que entrava em seu carro para uma corrida.

O caso viralizou nas redes sociais neste domingo (15), após o profissional, que atua no estado da Pennsylvania, nos Estados Unidos, gravar e compartilhar o vídeo do ocorrido nas redes sociais.

Nas imagens, gravadas na sexta-feira (13), é possível ver que logo após entrar no veículo, a mulher diz: “uau, você é um homem branco”.

O motorista, identificado como James W. Bode em seguida questiona essa observação. E ela emenda: “você é um cara normal, tipo fala inglês”.

Momento em que James pede para que a mulher se retire do veículo.

"Isso é completamente inadequado. Se alguém que não fosse branco estivesse sentado neste banco, qual seria a diferença?", pergunta ele.

Momentos depois, o motorista chega a relatar ao homem que acompanhava a mulher o que havia ocorrido, e uma discussão começa. Os dois são então expulsos do carro.

Depois do ocorrido, o motorista postou uma mensagem nas redes sociais afirmando estar emocionado com a quantidade de gente que entrou em contato com ele, mas disse que sua atitude não deveria ser algo incomum.

"Para todos que estão me procurando e mostrando seu apoio, obrigado. Agradeço, de verdade. Mas é assim que deve ser em todos os lugares, sempre. Eu não deveria ser 'o cara' que fez ou disse aquilo... todos nós deveríamos ser essa pessoa".

As imagens feitas pelo motorista circularam no mesmo fim de semana em que os Estados Unidos vivenciaram um crime de ódio racial. Um jovem de 18 anos entrou em um supermercado e atirou contra 13 pessoas. Dez morreram.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos