Motorista de aplicativo é preso por estuprar adolescente durante viagem no DF

Motorista de aplicativo foi preso no DF - Foto: Getty Images
Motorista de aplicativo foi preso no DF - Foto: Getty Images
  • Motorista foi preso por suspeita de estuprar adolescente durante viagem em Samambaia

  • Ele teria beijado a boca e apalpado os seios da jovem de 16 anos à força

  • Ao deter o acusado, polícia encontrou duas porções de crack no veículo

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prendeu em Samambaia, no Distrito Federal, um motorista de aplicativo acusado de estuprar uma passageira adolescente durante viagem. As informações são do portal Metrópoles.

De acordo com relato da jovem de 16 anos, o suspeito teria beijado sua boca e apalpado seus seios à força na noite da última segunda-feira (23).

Em depoimento à polícia, a adolescente contou que foi encarada pelo motorista durante toda a viagem, além de surpreendida com perguntas íntimas. Ao chegarem ao local de destino, ele teria trancado as portas do veículo e cometido a violência.

O ataque só foi interrompido porque colegas da garota, que a esperavam no local, perceberam que havia algo errado e se aproximaram do carro. O motorista, então, deixou a garota sair e escapou em alta velocidade.

A vítima foi levada com a mãe para a 26ª DP (Samambaia Norte), onde registrou boletim de ocorrência.

Suspeito é localizado e detido

Imediatamente, equipes da PM foram informadas sobre o caso e iniciaram as buscas por um motorista em um Fiat Palio vermelho. Ele foi localizado meia hora mais tarde, levando outra passageira na Primeira Avenida Norte.

Os agentes abordaram o suspeito e revistaram o veículo, encontrando duas porções de crack escondidas no forro da porta do condutor. Questionado, o rapaz afirmou que a droga era para consumo próprio.

Em relação ao crime praticado horas antes, o motorista admitiu ter beijado a boca da passageira, mas garantiu que o ato foi consensual. Ele disse, ainda, que não sabia que a vítima era menor de idade.

O suspeito foi detido e levado à delegacia, onde acabou autuado por importunação sexual.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos