Motorista de app é baleado com armas roubadas de vigias de hospital

Motorista de app foi baleado com armas roubadas no interior de SP (Getty)
Motorista de app foi baleado com armas roubadas no interior de SP (Getty)

Criminosos renderam dois vigias do Hospital Santa Tereza, na zona sul de Ribeirão Preto (SP) durante o fim de semana, roubaram as armas deles e na fuga atiraram na perna de um motorista de app na tentativa de levar o carro dele.

A Polícia Civil está em busca dos três ladrões que além de revólveres, também levaram coletes à prova de balas.

Após ser atingido com um tiro na perna esquerda, o motorista de aplicativo, de 26 anos, chegou a ser hospitalizado em um posto de saúde da Vila Virgínia e está fora de risco.

O crime aconteceu na madrugada do último sábado (3) na unidade hospitalar localizada na Avenida Adelmo Perdizza, zona sul da cidade que fica no interior paulista.

De acordo com informações prestadas por dois vigilantes em boletim de ocorrência, três ladrões encapuzados e armados chegaram ao hospital por volta das 3h40.

Os trabalhadores, que atuam para uma empresa terceirizada, relataram que faziam uma ronda de moto pelo entorno do hospital quando foram surpreendidos pelo trio de assaltantes.

Ainda de acordo com o relato deles após serem abordados, na sequência, foram gravemente ameaçados e tiveram armas, coletes, além de pertences como celular e aliança roubados.

Após a rendição e terem roubado os pertences, em seguida, os criminosos fugiram e, ao tentarem roubar o carro de um motorista de aplicativo, deram disparos de arma de fogo e atingiram o condutor na perna.

Ninguém havia sido identificado ou preso pelo crime. A identidades dos vigias e do motorista também não foram reveladas para que suas integridades físicas sejam preservadas enquanto os criminosos responsáveis pela ação não sejam devidamente identificados e presos.