Motorista desaparece após sair com amigo para comprar ouro no RJ: “Deu ruim”

Motorista de aplicativo desapareceu no RJ - Foto: Arquivo Pessoal
Motorista de aplicativo desapareceu no RJ - Foto: Arquivo Pessoal
  • Motorista desapareceu após deixar a residência onde vive para comprar ouro na Tijuquinha

  • Amigo que estava com ele disse que recebeu uma mensagem avisando que "deu ruim"

  • Família não sabia da amizade entre eles e nem da atividade do rapaz

Um jovem de 26 anos desapareceu no último sábado (18), quando foi visto pela última vez pela família ao sair com um amigo para comprar ouro no Rio de Janeiro.

Lucas Mendes é motorista de aplicativo e foi com um colega, identificado apenas como Gabriel, comprar ouro para revender. Ele deixou a própria residência, em Irajá, rumo à Tijuquinha, na Zona Oeste da capital fluminense.

Segundo a irmã do rapaz, Myrna Mendes, o último contato de Lucas aconteceu por volta das 18h10. A família já reportou o sumiço e está desesperada à procura de informações sobre o jovem.

"Lucas é um rapaz tranquilo, solteiro, que gosta de se divertir, mas comedido. Ele trabalha como promoter na casa noturna Parada 021 e como motorista de aplicativo. Ninguém sabia que ele estava fazendo bicos, negociando ouro. Ele nunca teve envolvimento com drogas ou qualquer coisa ilícita. Somos uma família estruturada. Somos quatro irmãos e moramos com minha mãe", disse ela ao G1.

Myrna explicou que o celular de Lucas foi desligado na Rua da Chácara, justamente na Tijuquinha. Antes, o rapaz enviou uma mensagem para Gabriel com os dizeres: “Deu ruim”.

A irmã relatou, ainda, que o jovem vinha saindo bastante nos últimos tempos com Gabriel, que não era conhecido da família. E que foi justamente este amigo que procurou os parentes de Lucas para avisar que ele havia “sido sequestrado”.

"Ele bateu aqui em casa para devolver o carro do Lucas e as chaves de casa. E contou que eles tinham ido a um bar negociar a compra de ouro para revender. Chegando lá, os negociadores fizeram Lucas entrar no carro preto e ficaram dando voltas com ele pela Tijuquinha. Gabriel disse ainda manteve contato com ele por um tempo pelo celular, até que ele disse: os caras estão de peça (armados), deu ruim. Ele, então, decidiu fugir no carro do Lucas", afirmou Myrna.

Gabriel teria sido o responsável por avisar que Lucas vinha atuando na revenda de ouro para melhorar a renda, atividade que a família desconhecia.

Denúncia e procura

Após as informações levadas por Gabriel, a família procurou a Delegacia Antissequestro (DAS), mas foi orientada a ir à 16ª DP (Tijuca), uma vez que não recebeu pedido de resgate.

Na última segunda-feira, o caso chegou à Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), que está na investigação. Ainda não há informações sobre o rapaz.

"Pelo tempo, a gente já imagina que a possibilidade de ele ser encontrado vivo é muito pequena. Mas ainda temos esperança. Estamos desesperados. Desde que publicamos um post nas redes sociais recebemos várias informações falsas. Tudo está sendo repassado para a polícia. Só o que a gente quer é ter meu irmão de volta", afirmou ao G1, Wilson, outro irmão do jovem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos