Motorista invade calçada, atropela três turistas no litoral de SP e foge

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ao menos três pessoas de uma mesma família foram atropeladas quando caminhavam na calçada da avenida Manoel da Nóbrega, por volta das 20h40 deste sábado (2), em São Vicente (65 km de SP).

O estado de saúde das vítimas não foi atualizado pelo hospital. Também não havia informações sobre o motorista, que está sendo procurado pela polícia, até a publicação desta reportagem.

Imagens de uma câmera de monitoramento mostram um carro branco invadindo a calçada e atingindo as vítimas, em alta velocidade, sendo duas mulheres, de 26 e 48 anos, segundo a polícia. Além delas, um menino de 7 é atingido. A criança acaba arrastada pelo Fiat Argo branco, que ainda passa por cima do garoto e foge em seguida, sem prestar socorro.

Segundo captado pela câmera de monitoramento, a família é atingida pelas costas. Após o acidente, um homem corre e retira a criança do asfalto.

O menino fica aparentemente inconsciente, segundo as imagens, que ainda mostram parentes do garoto pedindo ajuda para carros que passam pela avenida.

Registros da Delegacia Sede da cidade do litoral afirmam que uma ambulância passou pelo local, instantes após o atropelamento, levando o menino e uma idosa, que seria avó do garoto, para a Santa Casa de Santos (72 km de SP).

Procurado, o hospital afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a criança de 7 anos permanece internada na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo), mas sem atualizar o estado de saúde do garoto, alegando estar desautorizada a dar a informação, tanto dele quanto da idosa.

Outra vítima, de 26 anos, foi encaminhada para o Hospital Municipal de São Vicente, que também não atualizou o estado de saúde da mulher.

Segundo a polícia do litoral, a família estava na cidade, em uma excursão, e passeava pela região do bairro Itararé quando houve o atropelamento.

O caso foi registrado como lesão corporal culposa, ou seja, sem intenção, na Delegacia Sede de São Vicente. Nenhuma informação sobre a eventual identificação do motorista, pela polícia, foi divulgada até o fim da manhã desta segunda-feira (4).

No mês passado, um menino de 7 anos morreu após ser atropelado, por uma vizinha, em Cosmópolis (135 km de SP). A mulher responde ao caso em liberdade, após decisão do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos