Motorista morre espancado após atropelar pedestres no Paraná

Motorista morreu após ser atacado a pauladas - Foto: Getty Images
Motorista morreu após ser atacado a pauladas - Foto: Getty Images
  • Motorista morreu após ser espancado na cidade paranaense de Assis Chateaubriand

  • Vítima havia acabado de atropelar duas pessoas quando foi atacado por testemunhas

  • Ninguém foi preso até o momento e a polícia trabalha na investigação do caso

Um homem morreu após ser espancado com golpes de madeira por quatro pessoas na cidade de Assis Chateaubriand, no Paraná, no último sábado (3).

De acordo com informações da Polícia Militar, divulgadas pelo portal g1, testemunhas relataram que a vítima foi atacada após atropelar dois pedestres.

A vítima foi identificada como Gilmar Bezerra Soares, de 48 anos. Ele foi diagnosticado com afundamento de crânio e face, chegou a ser encaminhado a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Os criminosos responsáveis pelo ataque ainda não foram localizados, e a polícia está trabalhando na investigação do caso. Já os pedestres atropelados estão internados em um hospital da região.

Entenda o caso

Gilmar atropelou dois homens, sendo um de 64 anos e o outro de 46, na tarde de sábado. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e os encaminhou a um centro médico, onde estão, respectivamente, com quadro estável e em estado grave.

Momentos após o resgate dos feridos, a PM foi chamada para atender uma ocorrência de linchamento. Quando chegaram ao local, os agentes se depararam com cerca de 300 pessoas.

Uma testemunha relatou que viu Gilmar caído no chão, mas, aparentemente, vivo. Nesse momento, um dos agressores o atingiu com um pedaço de pau na cabeça. Minutos mais tarde, esse mesmo suspeito foi visto "dando risada" em um terreno.

O carro da vítima foi encontrado com vidros quebrados, manchas de sangue, além de pedaços de tijolos e lajotas nos bancos.

Os socorristas tentaram reanimar Gilmar, que foi levado às pressas para o hospital, mas a instituição confirmou o óbito.