Motoristas do Rio já podem emitir guia de licenciamento anual do Detran-RJ; a do IPVA só na semana que vem

·2 min de leitura

RIO — A Guia de Regularização de Taxas (GRT) do Detran-RJ referente ao exercício 2022 já está disponível para impressão no site do Bradesco (www.bradesco.com.br). O boleto — de R$ 242,26 — inclui os valores relativos ao licenciamento anual e à emissão do Certificado de Licenciamento e Registro de Veículo (CRLV), que desde o ano passado só existe na versão digital, ou seja, não é mais impresso em papel-moeda.

O valor do licenciamento é de R$ 173,03. Pela emissão do documento virtual, o motorista vai pagar mais R$ 69,23, totalizando R$ 242,26.

Para a emissão da guia, o interessado deve selecionar no site a opção "Produtos e Serviços" (à esquerda da tela) e, em seguida, clicar em "Serviços". Depois, é preciso escolher "Pagamentos".

Ainda nesta página, o motorista deve escolher, dentro da opção "Tributos", o item "DETRAN RJ – GRD, DUDA, GRT e GRM". Uma lista de telefones para esclarecer dúvidas será apresentada. No final dela, haverá a opção "Gerar boleto".

A partir daí, é preciso ter o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) em mãos e digitar a sequência de 4 dígitos apresentada pelo site, clicando em "Continuar". A guia deve ser impressa no dia do pagamento.

Guia do IPVA ainda não está disponível

Já a Guia para Recolhimento de Débitos (GRD) — referente ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2022 — ainda não está liberada. A emissão poderá ser feita a partir do dia 11 de janeiro, pelo site do Bradesco (www.bradesco.com.br) ou pelo Portal do IPVA (https://portal.fazenda.rj.gov.br/ipva/).

A Secretaria estadual de Fazenda liberou a tabela com os valores venais dos carros e motos emplacados no Estado do Rio, de acordo com o ano de fabricação. Ela servirá de base para o cálculo do IPVA de 2022. Os veículos com mais de 15 anos estão isentos do pagamento.

Dpvat não será cobrado

Vale lembrar que neste ano não haverá cobrança de seguro obrigatório, a exemplo do que ocorreu no ano passado. O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) aprovou, por unanimidade, a manutenção do prêmio zero para o seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestre (Dpvat) em 2022, conforme proposto pela Superintendência de Seguros Privados (Susep).

De acordo com o órgão, o objetivo da nova isenção é consumir os recursos excedentes que existem no fundo gerido pelo consórcio liderado pela Seguradora Líder. Este fundo paga as indenizações às vítimas de acidentes de trânsito.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos