Mourão condena atitudes agressivas após ataque a jornalista

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 23.05.2022 - O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos-RS). (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 23.05.2022 - O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos-RS). (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos-RS) condenou nesta quarta-feira (14) atitudes agressivas. A declaração foi dada à reportagem após ele ser questionado sobre o ataque do deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos-SP) à jornalista Vera Magalhães.

"Desconheço o assunto. Por outro lado, não concordo com atitudes agressivas", disse.

Douglas Garcia (Republicanos) precisou ser contido por seguranças ao fim do debate com candidatos ao Governo de São Paulo, na noite desta terça-feira (13), após partir para cima da jornalista Vera Magalhães com agressões verbais.

Ele se sentou ao lado da jornalista e, gravando com um celular, perguntou se ela recebeu dinheiro para falar mal do governo Jair Bolsonaro (PL). Repetindo um ataque feito pelo presidente durante debate entre candidatos ao Planalto no mês passado, disse que ela é "uma vergonha para o jornalismo".

Mourão e Douglas Garcia são do mesmo partido, o Republicanos, presidido pelo deputado federal Marcos Pereira. Em nota, a legenda repudiou o ocorrido e afirmou que a Executiva Estadual convocará o parlamentar a dar suas explicações e avaliará "eventuais medidas concretas" a serem tomadas.