Mourão diz que Tereza Cristina, cotada para vice de Bolsonaro, é 'pessoa diferenciada'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou nesta quarta-feira que a ex-ministra Tereza Cristina é uma "pessoa diferenciada" e fez um "trabalho extraordinário" dentro do governo. O nome de Tereza Cristina vem sendo defendido por aliados do presidente Jair Bolsonaro para ocupar o posto de vice em sua chapa à reeleição.

Bolsonaro já havia indicado publicamente que o escolhido para o posto de vice era o também ex-ministro Walter Braga Netto. Nos últimos dias, indicou que Braga Netto continua sendo seu preferido, mas, diferentemente do que vinha ocorrendo, passou a considerar abertamente escolher Tereza para o posto.

Em entrevista nesta quarta, Mourão ressaltou que não participa das discussões e que a decisão é de Bolsonaro, mas elogiou Tereza.

— Não é só também a questão do eleitorado feminino (que ela ajuda). Acho que a Tereza Cristina fez um trabalho extraordinário dentro do governo, ela tem habilidade no relacionamento com o Congresso. Ou seja, ela é uma pessoa diferenciada — disse Mourão, ao chegar no Palácio do Planalto.

Na segunda-feira, Bolsonaro afirmou que Braga Netto é um nome "palatável", mas reconheceu que "alguns querem" Tereza.

— É um nome que é palatável, é um nome de consenso, que sabe conversar com o Parlamento. É um colega meu da Academia Militar (...) Ele pode ser o vice. Alguns querem a Tereza Cristina, um excelente nome também. Mas isso vai ser definido mais tarde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos