Movimento O Câncer Não Espera promove corrida virtual

Iúri Totti
·3 minuto de leitura


Para o mês de alerta sobre os cuidados de prevenção do câncer de mama, o movimento o Câncer não Espera, iniciativa suprainstitucional liderada pelo Instituto Oncoclínicas, promove uma edição especial da Corrida/Caminhada Outubro Rosa. Com formato totalmente virtual, a iniciativa propõe que cada participante escolha o trajeto e o local de onde vai realizar a atividade, dividida em corrida (1km a 15km, meia maratona, 25km a 30km e maratona) e caminhada (1km, 3km ou 5km).

Além de aumentar a consciência sobre a doença em si, o objetivo do evento, que seguirá ao longo do mês, é também incentivar e relembrar da importância de atividades físicas regulares na redução dos riscos de incidência deste tipo de tumor que afeta uma grande parcela da população feminina. Em 2020 são esperados mais de 66 mil novos diagnósticos de câncer de mama, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

“Nossa proposta foi sempre levantar a bandeira da causa e conscientizar as mulheres sobre os cuidados pessoais e a prevenção do câncer de mama. E neste ano não poderíamos deixar de fomentar ainda mais o tema. O evento virtual, que será realizado em todo o país, é uma forma segura de incentivar o bem-estar e a prática de exercícios, grande aliada na prevenção de várias doenças, incluindo diferentes tipos de câncer”, diz o oncologista Bruno Ferrari, fundador e presidente do Conselho de Administração do Grupo Oncoclínicas.

Hábitos saudáveis, como a prática de exercícios físicos regulares e a boa alimentação, são fundamentais para diminuir as chances de desenvolver câncer, afirmam especialistas. Estudos mostram que essas práticas podem levar à redução no número de casos de até 30% dos cânceres em geral. No caso do tumor de mama, uma pesquisa publicada na revista "Nature" e que contou com a colaboração do Ministério da Saúde revela que uma em cada dez mortes em decorrência da doença no Brasil – cerca de 12% – poderiam ter sido evitadas com a prática de atividade física regular.

“A prática regular de exercícios físicos e adoção de uma dieta alimentar balanceada são essenciais tanto para reduzir as chances de incidência do câncer de mama quanto para reduzir os riscos de recidiva da doença”, frisa Bruno Ferrari.

Segundo o oncologista, obesidade, sedentarismo e tabagismo estão entre os fatores evitáveis que podem contribuir para o surgimento da doença. Ele alerta ainda da importância de se realizar exames preventivos com frequência, como a mamografia, já que a detecção precoce impacta diretamente nas chances de cura do paciente.

As inscrições, limitadas, vão até o dia 30 de outubro pelo site do evento e tem custo de R$ 75. Todos os participantes receberão o kit da Corrida/Caminhada Outubro Rosa, com camiseta, certificado e número de peito virtual e máscara de proteção. Após a comprovação de prova realizada, o atleta recebe, no endereço indicado, sua medalha de participação.

Após se inscrever, escolher sua modalidade e executar a prova, o participante deverá enviar a comprovação da atividade pelo, através do site do evento, em formato de imagem/foto vestindo a camiseta do projeto ou o link gerado por um aplicativo GPS que comprova a realização do exercício. Nas redes sociais, a organização do evento ainda disponibilizará a hashtag #CuideSeJá para o atleta postar sua foto. (Iúri Totti/Corrida Informa)