Movimentos sociais nunca podem ficar quietos e deixar de cobrar, diz Lula em sanção de projeto

Lula discursa durante encontro com reitores no Palácio do Planalto

Por Ricardo Brito

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira que a sociedade e os movimentos sociais nunca podem ficar quietos sem cobrar o governo federal.

"A sociedade, os movimentos sociais, eles nunca podem ficar quietos e calados deixando de cobrar da gente", disse durante discurso no Palácio do Planalto ao sancionar projeto de lei que considera agentes comunitários de saúde e agentes de combate às endemias como profissionais de saúde.

"Quando deixam de cobrar, a gente acha que está agradando, mas não é verdade isso", reforçou.