MP acata pedido e Coritiba x Santos terá torcida única

·2 min de leitura
Brigas entre torcedores de Coritiba e Santos, nos arredores da Vila Belmiro, gerou o pedido dos clubes.
Brigas entre torcedores de Coritiba e Santos, nos arredores da Vila Belmiro, gerou o pedido dos clubes. Foto: (Ricardo Moreira/Getty Images)

Foi acatado pelo Ministério Público do Paraná o pedido de Coritiba e Santos para que as duas partidas entre os clubes, válidas pela terceira fase da Copa do Brasil, tenham torcida única. A primeira partida, que ocorre às 19h30 desta quarta-feira, terá apenas torcedores do Coxa no Estádio Couto Pereira.

A CBF também confirmou que o jogo de volta, na Vila Belmiro, terá apenas torcedores do Santos no dia 12 de maio. Os clubes solicitaram também, mas sem retorno, que a partida do returno do Campeonato Brasileiro, no Couto Pereira, não tenha torcedores visitantes.

Leia também:

A razão dos pedidos realizados são os confrontos entre membros da Torcida Jovem do Santos e da Império Alviverde, do Coritiba, nos arredores da Vila Belmiro no último domingo. Torcedores arremessaram pedras e atacaram os rivais com barras de ferro nas ruas próximas ao histórico estádio.

Nove torcedores do Santos e nove do Coritiba foram detidos durante as brigas e encaminhados ao 7º Distrito Policial da cidade litorânea, prestaram depoimentos e foram liberados.

Coritiba e Santos emitiram nota em conjunto sobre os acontecimentos e as decisões tomadas: "Devidos aos atos de violência entre torcidas ocorridos recentemente nas imediações da Vila Belmiro, em Santos, as diretorias do Coritiba Foot Ball Club e Santos Futebol Clube entenderam, em comum acordo, solicitar junto à Confederação Brasileira de Futebol que o confronto entre as equipes marcado para esta quarta-feira (20), às 19h30, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, válido pela terceira fase da Copa do Brasil, seja realizado com torcida única. Assim, no sentido da busca da preservação da vida humana, tendo em vista o curto espaço de tempo para a realização da partida, as duas instituições concordam que a solução ideal, para evitar novos incidentes, é a proibição de entrada de torcedores visitantes. De maneira a garantir o total êxito na realização da partida e conferindo a necessária segurança também à própria região da cidade em que ocorre a partida e aos seus moradores, Coritiba Foot Ball Club e Santos Futebol Clube solicitaram este pedido à CBF, corroborado pelo Ministério Público do Paraná segundo Notícia de Fato número 0046.22.058309-3. A determinação da CBF também é válida para a partida de volta, no dia 12 de maio, na Vila Belmiro, tendo torcida única do Santos FC".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos