MP denuncia cinco policiais por prática de tortura contra advogado em Goiânia

RIO - Cinco policiais militares foram denunciados nesta quarta-feira pela prática de tortura contra o advogado Orcélio Ferreira Silvério Júnior, em Goiânia. A vítima foi agredida pelos agentes com uma série de socos. Mesmo deitado no chão, ele levou um tapa no rosto e depois foi arrastado pela calçada.

Um dos policiais envolvidos foi preso preventivamente. Trata-se do tenente da Polícia Militar de Goiás (PMGO) Gilberto Borges da Costa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos