MPF processa Pazuello por omissão na compra de vacinas e prejuízo de R$ 122 milhões

O Ministério Público Federal (MPF) moveu uma ação por improbidade administrativa contra o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello. O processo aponta um prejuízo causado pela gestão de Pazuello de pelo menos R$ 122 milhões aos cofres públicos. No documento protocolado no dia 30 de junho, na 20ª Vara de Justiça federal, os procuradores identificaram “negligência” nas negociações para a compra de vacinas contra a Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos