Mulher é estrangulada e asfixiada em bairro nobre de Teresópolis; dois homens foram presos

Uma mulher de 45 anos foi morta após ser estrangulada e asfixiada com um saco plástico na cabeça. O caso aconteceu na tarde do último sábado, em Cascata dos Amores, bairro nobre de Teresópolis, na Região Serrana do Rio. Ana Luiza Mascarenhas teve a casa invadida por um ex-funcionário, que estava acompanhado de um parceiro. Maike Cabral Lourenço e Wagner Gomes Melo foram presos na segunda-feira pelo crime de latrocínio.

Golpe: Polícia prende suspeitos de aplicar 'golpe da mão fantasma' em aposentada na Zona Oeste do Rio

Fiscalização: Cigarros falsificados são apreendidos em lojas de conveniência de postos de gasolina no Rio

Segundo o delegado Márcio Dubugras, titular da 110ª DP (Teresópolis), a dupla tinha como objetivo conseguir dinheiro para a compra de drogas. Os dois invadiram a residência da vítima, que estava no quarto quando foi abordada, e a torturaram para conseguir a senha de um de seus cartões. Maike e Wagner levaram R$ 600 e cartões de banco.

O corpo da vítima foi encontrado dois dias depois do crime, pelo caseiro, que é padrasto de Maike. Imagens de câmeras de segurança da residência mostram os dois suspeitos deixando o local vestindo roupas da vítimas, como forma de disfarce.

Maike e Wagner foram presos na segunda-feira, após agentes da Polícia Militar encontrarem os dois. De acordo com a Polícia Civil, Maike foi contratado para trabalhar na casa de Ana Luiza no ano passado, mas foi demitido em dezembro após a vítima descobrir que teve R$ 700 furtados por ele. O dinheiro do último roubo foi usado na compra de drogas, bebidas e com prostituição, segundo o delegado responsável pelo caso.