Mulher é presa com fuzil na Rodoviária do Rio e diz que receberia R$ 1 mil pela entrega

Extra
·1 minuto de leitura

Uma mulher que portava um fuzil AR-10 foi presa pela Polícia Militar na noite de terça-feira, dia 17, no Terminal Rodoviário do Rio, no bairro Santo Cristo, Região Portuária da capital fluminense. A suspeita desembarcou com o armamento após vir de Florianópolis (SC), e foi abordada por agentes do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur).

Com a mulher, foram encontrados um fuzil, 32 munições, dois carregadores e uma luneta após revista na bagagem. A pessoa detida e as apreensões foram encaminhadas para a 5ª DP (Centro). Segundo a Polícia Militar, a suspeita afirmou que receberia R$ 1 mil para realizar a entregar o armamento.

O AR-10 é um fuzil de batalha fabricado nos Estados Unidos. No Brasil, o armamento é geralmente utilizado pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope), pela Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (CORE), além do Batalhão de Polícia de Choque, Batalhão de Ações com Cães e o Grupamento Aeromóvel, todos do Rio de Janeiro.