Mulher é presa em flagrante pela Polícia Federal por contrabando de peças de armas de fogo pelos Correios

·1 minuto de leitura

Uma mulher foi presa em flagrante pela Polícia Federal por contrabando de peças de armas de fogo e carregadores de fuzil nesta terça-feira após ter os artefatos enviados dos Estados Unidos para o Brasil através do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro. A ação, que teve o apoio da Receita Federal e da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, prendeu a mulher, de 58 anos, em Batatais, no interior de São Paulo.

Os policiais federais cumpriram na residência da mulher um mandado de busca e apreensão expedido pela 5ª Vara Federal Criminal da 2ª subseção judiciária do estado de São Paulo. No local foram encontradas inúmeras réplicas de fuzis e pistolas, acessórios e peças de armas de fogo. Um revólver calibre 38 com a numeração raspada, suas munições e um veículo também foram apreendidos.

De acordo com a PF, as penas podem chegar a 16 anos de reclusão e multa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos