Mulher é presa por aplicar o golpe da falsa diarista na Zona Sul no valor de até R$ 300 mil

Uma mulher foi presa em flagrante por policiais da 15ª (Gávea) por aplicar o golpe da falsa diarista em pelo menos dez pessoas na Zona Sul do Rio. Fabiana Pereira de Souza se apresentava como faxineira inscrita num aplicativo de serviços para ganhar confiança dos contratantes e então furtar objetos de valor, cartões de crédito, documentos, dinheiro e mesmo chave reserva de automóveis. Uma das vítimas chegou a ter um prejuízo de mais de R$ 300 mil.

Preso por atropelamento: Polícia pede o arquivamento de investigações contra modelo Bruno Krupp pelo estupro de três mulheres

Sem habilitação: Bruno Krupp acreditava ter condições de dirigir moto por frequentar motoclube com o pai

Um casal reconheceu parte do dinheiro furtado no material apreendido pela polícia, o que deu origem ao flagrante pelo crime de furto mediante fraude. Fabiana conseguiu abrir o cofre da casa e furtar joias, como uma pulseira de ouro, outra de prata, duas alianças de diamante, corrente de ouro, um par de óculos da marca Versace, R$ 350, US $ 350 e uma nota de 100 pesos argentinos. Outra vítima reconheceu um par de brincos. Três pessoas encontraram seus cartões bancários entre os itens que estavam com Fabiana.

Réveillon em Copacabana: Festa teve queda nos roubos e furtos, segundo PM

Como já havia uma denúncia contra Fabiana no aplicativo, a empresa bloqueou o CPF dela para não receber novos serviços. Mas, com um documento roubado de uma cliente, ela conseguiu burlar o sistema, conseguindo novos trabalhos pela ferramenta.