Mulher é suspeita de encomendar ao amante morte do marido na Região Serrana do Rio

Marcos Nunes

Uma trama envolvendo um relacionamento proibido, dinheiro  e  um assalto forjado, pode estar por trás do assassinato de um comerciante, de 39 anos, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. Numa operação deflagrada na última quarta-feira, três pessoas foram presas, após terem tido as prisões temporárias decretadas pela Justiça. De acordo com investigações da 105ª DP ( Petrópolis), entre os suspeitos detidos  está uma mulher  com quem o comerciante se relacionava.

Ela é suspeita de encomendar a um amante o assassinato do homem com quem vivia. O objetivo seria o de ficar à frente dos negócios do esposo e ainda de ter o caminho livre para o romance proibido. O crime ocorreu no último dia 19. A vítima entrava em um carro, quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram. Um deles desceu do veículo e disparou vários tiros com um revólver 38. Dois disparos acertaram a  cabeça do comerciante e um terceiro atingiu o ombro da vítima. Antes de fugir, os assasinos tiveram o cuidado de pegar a carteira e o telefone do comerciante.

De acordo com as investigações, os objetos teriam sido levados apenas para parecer que se tratava de um assalto seguido de morte. Através de imagens de câmeras de segurança, os agentes da 105ª DP levantaram o trajeto feito pelo motocicleta no momento da execução e acabaram chegando até os suspeitos do crime.

 Com um deles, os policiais encontraram, inclusive, o telefone celular da vítima. Na mesma ocasião, os agentes cumpriram mnadados de busca e apreensão. Além do celular, outros objetos foram encontrados com os suspeitos e estão sendo analisados pelos responsáveis pela apuração do caso.