Mulher atropela e mata namorado nos EUA após rastreá-lo com app e flagrá-lo em traição

Uma mulher foi presa em Indianápolis, nos Estados Unidos, por suspeita de ter matado o namorado na frente de um bar. Gaylyn Morris, de 26 anos, usou um aplicativo de rastreamento para seguir o companheiro e, quando chegou ao estabelecimento, descobriu uma traição. Ela então atropelou a vítima intencionalmente com seu carro, na sexta-feira.

Acidente: Caça da Marinha americana cai na Califórnia e mata piloto

França: Homem é preso por misteriosos ataques com agulhas em boates e festivais de música

De acordo com o Departamento de Polícia Metropolitana de Indianápolis, Gaylyn localizou seu namorado, Andre Smith, após rastreá-lo com o uso do aplicativo Apple AirTag.

As autoridades locais disseram que a suspeita admitiu ter visto Smith a traindo com outra mulher. Gaylyn ainda chegou a jogar uma garrafa de vinho vazia na amante de seu namorado, mas Smith interceptou o objeto.

Mar Negro: Cientistas alertam que mortes de golfinhos podem estar relacionadas à guerra na Ucrânia

O trio foi expulso do estabelecimento, mas a discussão continuou do lado de fora. Gaylyn então pegou seu carro, avançou contra Smith e depois deu marcha ré para passar por cima dele novamente.

Gaylyn ainda desceu do carro e voltou a atacar a mulher que estava em um encontro com seu namorado. Ela foi presa em flagrante.

Os médicos localizaram o corpo de Smith debaixo do carro de Morris do lado de fora do bar. Ele foi declarado morto no local.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos