Mulher confessa ter assassinado o marido e decepado o pênis dele

A mulher compareceu à delegacia dois dias depois do crime (Foto: Murilo Binow/Google Street View)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • O homem tinha um histórico de violência doméstica, com 8 BOs e uma medida protetiva contra ele

  • A mulher se entregou à polícia dois dias depois do assassinato e mostrou onde o enterrou

Uma mulher se entregou à polícia e confessou ter matado o marido e decepado seu pênis em Vila Pavão, no Espírito Santo, a 283 km de Vitória. O crime teria acontecido no sábado (12), e ela procurou a delegacia de São Mateus (a 100 km de Vila Pavão) dois dias depois.

A suspeita informou a polícia sobre o local onde enterrou o corpo do marido, e os acompanhou até os fundos do imóvel. A equipe de peritos encontrou o homem enterrado numa cova rasa, com diversas perfurações no pescoço. Não foi divulgada a identidade ou a idade nem da vítima, nem da mulher.

Leia também

Em consulta ao Sistema Integrado de Inteligência de Segurança Pública, os policiais constataram que ela já havia registrado oito boletins de ocorrência contra o companheiro por violência doméstica, e tinha conseguido uma medida protetiva. Os investigadores tentam definir se as agressões foram o que motivou o assassinato.

À PM (Polícia Militar), uma testemunha relata que, antes de se entregar, ela pediu uma carona até Vitória a um vizinho para comparecer com o filho ao velório de um cunhado, irmão do marido morto por ela. O pedido aconteceu antes da confissão, e a fonte não informou se ela chegou a pegar a carona para a capital.

Antes de se dirigir à delegacia, ela também teria ligado para o irmão do dono do imóvel onde a família morava. De acordo com a testemunha, ela confessou o crime para ele também.