Mulher com Covid-19 cospe em pessoas na rua e é detida pela polícia no Paraná

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Mulher abordava pessoas em carros para cuspir nelas - Foto: Divulgação/Polícia Civil
Mulher abordava pessoas em carros para cuspir nelas - Foto: Divulgação/Polícia Civil
  • Cidadãos de Colorado ficaram horrorizadas com mulher que abordava pessoas para cuspir nelas

  • Exame de Covid-19 da senha de 54 anos deu positivo

  • Delegado chegou a deter a mulher, mas liberou após assinatura de termo circunstanciado

Uma mulher com Covid-19 foi flagrada pelas ruas de Colorado, no Paraná, abordando pessoas e cuspindo nelas. A senhora, de 54 anos, foi detida pela Polícia Civil e levada para uma delegacia.

Segundo informações da TV RPC, a mulher ainda estava com suspeita do coronavírus quando realizou os ataques no início da semana. Na última quinta-feira, o resultado de seu exame comprovou que ela estava com Covid-19.

Leia também:

Imagens feitas por moradores da região mostram a senhora parando pedestres e pessoas em carros, como se fosse pedir informação, antes de cuspir neles. Ela repetiu o comportamento com servidores da Santa Casa Municipal de Saúde e Assistência Social, que foram à sua residência para orientá-la.

O delegado Alysson Tinoco informou que recebeu as imagens e ordenou que a mulher fosse conduzida à delegacia, de onde só saiu após a assinatura de um termo circunstanciado. A família se comprometeu a cuidar dela e evitar novos ataques.

Alysson Tinoco destacou, ainda, que ordenará prisão preventiva à senhora se ela repetir os atos ou sequer descumprir o isolamento.

Brasil registra 100 mil casos em 24h pela primeira vez

Enquanto Bolsonaro luta contra medidas de combate à Covid-19, o vírus segue em escalada no Brasil. Na última quinta-feira, foram 2.787 novas mortes e 100.736 casos da doença. Com isso, o total de mortos chegou a 303.462 e o de casos a 12.320.169, de acordo com o painel atualizado pelo Conass (Conselho Nacional dos Secretários de Saúde), um sistema próprio de informações que reúne dados de contaminados e de óbitos em contagem paralela à do governo.