Mulher de Daniel Alves revela morte da mãe antes da prisão do jogador: 'Perdi os únicos pilares da minha vida'

Mulher do jogador Daniel Alves, a modelo Joana Sanz usou suas redes sociais para pedir privacidade aos veículos de comunicação que foram para a porta de sua casa depois que o marido foi preso. Pelos stories do Instagram, ela contou que sua mãe morreu há uma semana e disse que perdeu os "dois únicos pilares" que tinha em sua vida.

"Peço por favor aos meios de comunicação que estão do lado de fora da minha casa que respeitem minha privacidade neste momento. Minha mãe morreu há uma semana e eu estou apenas começando a entender que ela não está mais comigo para que vocês me atormentem com a situação do meu marido. Perdi os únicos dois pilares da minha vida. Tenham um pouco de empatia em vez de buscar tanta notícia na dor alheia. Obrigada", escreveu a modelo.

Antes desta publicação, Joana havia postado um story em apoio ao marido, que ainda não havia prestado depoimento. Em uma foto de mãos dadas com Daniel Alves, ela escreveu "juntos".

Daniel Alves foi detido pela polícia espanhola, em Barcelona, ​​depois de ir depor por suspeita de ter agredido sexualmente uma mulher na discoteca Sutton, no dia 30 de dezembro do ano passado. O lateral direito foi à delegacia na madrugada desta sexta-feira e foi detido em uma viatura poucos minutos depois das 10h, de acordo com o jornal El País. Contudo, o atleta nega as acusações.