Mulher descobre irmã quase idêntica após teste de DNA

Uma mulher de Chicago, nos EUA, que foi adotada em 1994, fez um teste de DNA e acabou descobrindo a existência de uma irmã. Surpreendentemente, a irmã era muito parecida fisicamente com ela, tinha os mesmos hobbies, o mesmo trabalho, e até a mesma tatuagem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos