Mulher é condenada por matar amante com facadas na cabeça em Goiânia

Mulher foi condenada a mais de oito anos de prisão - Foto: Getty Images
Mulher foi condenada a mais de oito anos de prisão - Foto: Getty Images
  • Mulher foi condenada pela Justiça pelo assassinato do amante em outubro de 2020

  • A criminosa matou a vítima com facadas na cabeça em Goiânia

  • Corpo foi encontrado escondido em uma cama box no quintal da casa da acusada

Uma mulher de 40 anos foi condenada na última terça-feira (9) a oito anos e oito meses de prisão pelo assassinato a facadas de seu amante, de 48, em Goiânia.

O Tribunal do Júri da capital goiana definiu a sentença a ser cumprida em regime inicialmente fechado na Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia.

Identificada como Vanusa Lima da Cruz, a acusada era casada há 14 anos com um homem, com quem teve três filhos. Em 31 de outubro de 2020, porém, o casal teve uma discussão, e o marido deixou a casa onde viviam para dormir fora.

Na ausência do rapaz, Vanusa saiu para se divertir à noite e encontrou o amante, com quem mantinha relação há cerca de dois anos. Os dois ingeriram bebida alcoólica e voltaram para a casa da mulher juntos.

Durante a madrugada, a criminosa golpeou repetidas vezes a cabeça da vítima com uma faca. De acordo com a Justiça, até agora o motivo do assassinato não foi esclarecido.

Corpo foi escondido em cama

Vanusa teve ajuda de uma pessoa para carregar o corpo para o quintal da casa e colocá-lo em uma cama box. Posteriormente, ela lavou o chão e as paredes da casa, para tentar esconder os vestígios do crime.

As provas encontradas no local apontaram que o amante estava dormindo no momento em que foi golpeado, ou seja, sequer teve chance de se defender.