Mulher é presa após mandar matar marido por seguro de R$ 1,2 milhão

Mulher foi presa em Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Foto: Getty Images.
Mulher foi presa em Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Foto: Getty Images.
  • Crime ocorreu em novembro de 2021

  • Operação Viúva Negra descobriu mandante do assassinato

  • Mulher foi presa e irá responder também por porte ilegal de arma

Uma mulher foi presa nesta terça-feira (31) por suspeita de mandar matar seu companheiro. Jonas Ribeiro da Silva foi assassinado em 20 de novembro do ano passado a tiros em Cabo Frio (RJ).

A operação Viúva Negra, da Polícia Civil de Cabo Frio (126ª DP) foi responsável pela prisão. A investigação concluiu que a mulher teria mandado matar o marido para receber uma apólice de seguro de vida, no valor de R$ 1,2 milhão.

No dia do crime, Jonas foi surpreendido por homens fortemente armados com armas de alta calibre. Ele estava dentro de seu carro e foi atingido por diversos disparos.

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão contra a mulher. Também foram realizadas buscas em sua casa, onde foi encontrado um revólver calibre 32, pelo qual ela será autuada por porte ilegal de arma de fogo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos