Mulher é presa na BA após envenenar e matar o próprio filho por ele ser autista

Mulher foi presa pelo assassinato do filho - Foto: Getty Images
Mulher foi presa pelo assassinato do filho - Foto: Getty Images
  • Mulher foi presa em Ibiquera por matar o próprio filho envenenado no fim de semana

  • Ela confessou o crime e explicou que agiu porque o garoto é autista e desarruma a casa

  • O avô da criança e outras duas mulheres também participaram do assassinato

Uma mulher foi presa na última quinta-feira (5) em Ibiquera, na Bahia, acusada de matar o próprio filho de 5 anos envenenado. Ela confessou o crime em depoimento aos policiais.

De acordo com informações do G1, a criminosa explicou que colocou veneno de rato na comida e na bebida do garoto por ele ser autista e ficar “mexendo nas panelas e desarrumando a casa”.

A vítima foi identificada como Romério Sampaio Vaz. O assassinato aconteceu no último domingo (1º), mas a polícia só foi informada na quinta, após denúncias de vizinhos da mulher.

Agentes foram à residência da família e questionaram a mãe sobre o desaparecimento da criança. Inicialmente, ela afirmou que o filho havia viajado, mas depois admitiu que o matou.

Romério foi envenenado no sábado (30), não resistiu e faleceu no dia seguinte. Seu corpo foi encontrado em uma cova rasa na zona rural da cidade.

Participação do avô

Outras duas mulheres foram presas na quinta por participação no crime. Elas e o avô da criança foram responsáveis pelo transporte e a ocultação do cadáver.

Dos quatro envolvidos no assassinato, o avô é o único que está livre. Ele conseguiu fugir e continua sendo procurado pela polícia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos