Mulher é presa por agredir crianças que buscavam doação de marmitas em GO

Mulher foi presa e continua detida - Foto: Divulgação/Polícia Civil
Mulher foi presa e continua detida - Foto: Divulgação/Polícia Civil
  • Mulher foi presa após atacar irmãos de 8 e 11 anos que buscavam marmitas em local de doação em Anápolis

  • As crianças foram atingidas com empurrões, arranhões e tapas pela suspeita

  • A mãe dos irmãos também foi atacada com pedradas e tijoladas, mas escapou sem ferimentos

Uma mulher foi presa na última terça-feira (3) em Anápolis, Goiás, acusada de agredir dois irmãos na fila de uma doação de marmitas. As informações são do G1.

De acordo com a Polícia Civil, a suspeita, que não teve a identidade revelada, atacou as crianças de 11 e 8 anos na fila para pegar comida no setor Recanto do Sol.

A mulher teria acertado tapas, empurrões e arranhões nos irmãos, que passam bem. As crianças deixaram o local e foram para casa, onde contaram para mãe o que havia acontecido.

A mãe foi até o local para tirar satisfação e acabou recebida com tijoladas e pedradas da suspeita, mas conseguiu desviar e saiu sem ferimentos.

"A mãe das crianças soube dos fatos e procurou a agressora para exigir explicações, mas foi ameaçada. [A autora] tentou atingi-la com tijoladas e pedradas, mas errou o alvo. Os PMs foram acionados e, no momento da prisão, a agressora resistiu e desacatou os policiais", declarou a delegada Kênia Segantini.

Agressora segue presa

A mulher foi detida e encaminhada à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, onde segue presa nesta quinta-feira (5).

A polícia está investigando o caso para tentar entender o que motivou a suspeita a agredir as crianças.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos