Mulher é presa por ofensas raciais em metrô em BH: “Sou racista, vocês deviam morrer”

Mulher foi presa após proferir ofensas raciais - Foto: Getty Images
Mulher foi presa após proferir ofensas raciais - Foto: Getty Images
  • Mulher foi presa no metrô de Belo Horizonte após proferir ofensas racistas a uma família

  • A mulher foi filmada admitindo ser racista e cometendo o crime

  • Polícia foi chamada, prendeu a acusada e a levou para prestar depoimento

Uma mulher foi presa no último domingo (5) após proferir ofensas raciais para uma família no metrô de Belo Horizonte. O episódio foi filmado por testemunhas e repercutiu nas redes sociais.

Segundo relatos, tudo teria começado com supostas “piadas” de cunho racial ditas pela mulher no vagão, onde estavam três pessoas da mesma família, todas negras.

Vídeos gravados por passageiros mostram a suspeita sendo confrontada pelas vítimas e por outras pessoas que testemunharam o ocorrido.

Nas filmagens, a mulher se mostra ciente do teor das falas e afirma: “Eu sou racista”, apontando para o próprio braço, como se quisesse mostrar a cor de sua pele.

As declarações enfurecem alguns passageiros, que ordenam que ela desça do vagão, ao que ela responde: “Só vou descer no meu ponto”. A todo tempo, é possível ouvir pessoas pedindo que as vítimas “não agridam” a mulher, para que “não percam a razão”.

Segundo depoimentos à polícia, repercutidos pelo jornal Estado de Minas, a acusada teria dito que “não gosta de pretos”, que “crioulos deveriam morrer” e “pretos não deveriam estar no metrô”. “O sangue que corre na minha veia não é o mesmo que o seu”, completou.

Guardas interveem e polícia é chamada

Após perceberem a movimentação no vagão, guardas do metrô intervieram e a polícia foi chamada. A mulher foi detida e levada para prestar depoimento.

A acusada será submetida a exames para atestar um possível caso de transtorno mental. A polícia não descarta essa possibilidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos