De mulher de Hulk a Claudia Leitte: saiba por que famosas escolhem dar à luz na mesma maternidade em Miami e quanto elas pagam

·3 min de leitura

O que a médica Camila Ângelo, mulher do jogador Hulk, do Atlético-MG, tem em comum com a cantora Claudia Leitte, a atriz Karina Bacchi e a influencer Andressa Ferreira, mulher de Thammy Miranda? Todas elas escolheram dar à luz no mesmo hospital de Miami, com a mesma equipe médica.

Atleticana desde o berço:

Não é uma mera coincidência. Elas são algumas das centenas de pacientes do Brasil e da América Latina que toparam desembolsar entre US$ 13 mil (R$ 60 mil) e US$ 15 mil (R$ 70 mil) para ter uma césarea ou parto normal no Mercy Maternity Hospital, com profissionais do programa Ser Mamãe em Miami. O projeto foi criado há cinco anos pelo pediatra brasileiro Wladimir Lorentz, pediatra que há 24 anos clinica nos EUA.

Mas o que leva essas futuras mães a gastar tanto dinheiro para saírem de seus países e parir nos EUA, longe da família?

Entenda:

- Isso varia muito - afirma Lorentz, por telefone: - A dupla cidadania é uma coisa que meus pacientes citam no consultório, mas não é o que eu vendo. Eu vendo um serviço médico de qualidade. Tem gente que nos escolhe porque tem casa aqui e gosta de Miami. Não só pela beleza, é uma cidade muito segura, tem ar limpo, muito agradável para se ter uma gestação e um filho. É aquela piada: Miami é a cidade mais bonita do Brasil (risos).

Ela chegou:

É o caso de Camila e Hulk, que têm um mega apartamento num condomínio de luxo da cidade. Foi onde a médica se hospedou semanas antes de Zaya nascer, na última segunda-feira. Hulk ganhou folga do Atlético-MG no fim de semana e chegou à cidade dias antes do parto da filha de número quatro - ele já é pai de Ian, Tiago e Alice, do primeiro casamento, com Iran Ângelo, tia de Camila. O jogador é esperado de volta no clube nesta quarta-feira.

Veja também:

Embora não seja um fator tão preponderante, o luxo está presente na experiência de parto no Mercy: as suítes têm vista para o mar, como Hulk mostrou em seus Stories nesta terça-feira, e as refeições de mãe e acompanhante podem incluir pratos de filé mignon e lagosta.

Outro luxo que o preço do pacote inicial não paga são as consultas em domicílio de Lorentz depois do parto. Elas custam entre US$ 450 (R$ 2.100) e US$ 650 (R$ 3.050), mais um adicional dependendo do horário do atendimento e de onde a mamãe mora.

O incrível refúgio de Hulk:

- Esse serviço em domicílio é o que farei com a família do Hulk - conta o pediatra: - Grande parte do público que eu atendo é da classe A, A+. Atendo pacientes em penthouses de US$ 10 milhões (R$ 46 milhões), US$ 20 milhões (R$ 93 milhões) em Fisher Island (o bairro mais rico dos EUA, onde estima-se que 10% dos moradores sejam brasileiros).

Polêmica:

Outras pacientes famosas do programa criado por ele foram a ex-panicat Dani Bolina, que deu à luz Luna no último dia 30 de março, e a mulher do apresentador Dony de Nuccio, Larissa Laibida, cujo filho Léo nasceu em 24 de fevereiro. No mundo da bola, a afilhada de Ronaldinho Gaúcho, filha caçula de Assis (Charlotte, de 3 anos), também veio ao mundo em Miami com a ajuda do programa, assim como a primeira filha de Pedro Rocha, do Athletico (Vitória, de 3 anos).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos